Afinal, é possível estudar para o ENEM em tão pouco tempo?

Parece impossível, mas não é. Também não é passe de mágica: o segredo é organização. Boa parte dos candidatos aprovados para as principais universidades do país começou a estudar às vésperas: uns porque haviam desistido e resolveram retomar o sonho; outros porque só na reta final conseguiram tempo; muitos por falta de organização pessoal. Não importa, para você que quer saber como estudar para o ENEM em 3 meses, o importante é entender que ainda dá tempo e o seu maior amigo pode estar bem perto de você, a internet.

De acordo com Maria Inês Fini, presidente do Inep – órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem – a edição de 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio dará mais ênfase às questões das disciplinas de português e matemática.  

Neste momento, é muito importante você se conhecer. Caso já tenha uma base, já pode ir às revisões e aos exercícios. Caso se ache muito “out” em tudo que se refere ao ENEM, o segredo é equilibrar teoria básica e conteúdo do exame com muitos exercícios e provas anteriores. Vamos entender melhor?

O que é conteúdo básico?

Se você, que precisa entender como estudar para o ENEM em pouco tempo, tem algum tipo de lacuna em alguns assuntos do Ensino Fundamental, é muito importante não se enganar. Portanto, arregace as mangas e reserve ao menos um dia por semana para estudar os tópicos que podem até não cair, mas farão você entender o que cai muito mais rápido. O curso preparatório ProEnem, por exemplo, disponibiliza, além do conteúdo da prova, aulas de matemática básica, redação básica, física básica, entre outros. De acordo com o coordenador Pedagógico do curso, Professor Diego Viug, o “Matemática sem mistério” (estudo básico), por exemplo, faz com que os alunos aprendam não só melhor como muito mais rápido os tópicos que são cobrados no ENEM.

O que é o conteúdo do Exame?

O INEP disponibiliza no manual do participante o conteúdo programático do que é cobrado no ENEM. Nem tudo que está ali cai, por isso é muito importante o contato com professores e candidatos mais experientes, no sentido de filtrar o que realmente apresenta maior possibilidade de ser cobrado na hora da prova. Lembre-se de que, neste momento, você precisa de estratégias para fazer o tempo trabalhar a seu favor. O desafio não é descobrir como estudar para o ENEM em pouco tempo, mas organizar seu conteúdo da forma correta e seguir à risca o que você propuser a si mesmo.

Como assim exercícios e provas anteriores?

A banca do ENEM tem mudado ano a ano. As novidades vêm sendo percebidas não só por meio dos textos pontuados com nota 1000 como pelas mudanças nos enunciados das questões de muitas áreas de conhecimento. Portanto, se você quer saber como estudar para o ENEM em pouco tempo, é necessário basear-se não apenas nas provas anteriores como em questões de vestibulares. Isso para que não se vicie nos modelos de questão e acabe eventualmente surpreendido com possíveis modificações.

Como se organizar?

1º – Prepare uma lista de conteúdo do que mais caem no ENEM.

2º – Use esta lista para identificar aquilo que precisará de revisão do “conteúdo básico”.

3º – A partir das duas listas anteriores, elabore a lista de exercícios e provas anteriores que você vai resolver.

4º – Divida tudo pela quantidade de dias ou de semanas até chegar uma data específica, que deve ser uma semana antes da primeira prova. A última semana é fundamental ser dedicada a revisões.

Ufa! Parece trabalhoso, né? Muita gente acha, por isso cada vez mais os candidatos têm aderido aos cursos online que já apresentam todo esse planejamento pesquisado, organizado e sugerido aos alunos.

Solução

O desafio é grande. Muitos conseguem, mas, para isso, os alunos têm recorrido à ajuda especializada. De acordo com Roberto Gonçalves, Diretor dos cursos ProEnem e do ProMilitares: Para conseguir o melhor dos candidatos em tão pouco tempo, o diferencial tem sido o “plano de estudos”.  

Se a pergunta é como estudar para o ENEM em pouco tempo, a resposta está no tempo e na quantidade de matéria a ser absorvida.  “Tanto as provas civis quanto militares partem de conteúdos programáticos publicados em editais, mas é o modo de abordar esses conteúdos, com cronograma organizado e professores experientes nas avaliações anteriores, que nos fez conseguir tantos bons resultados nos últimos anos”, explica o diretor, responsável por mais de 2 mil aprovações só no ProMilitares, nos últimos três anos, sem contar inúmeros aprovados para o ENEM.

As provas do ENEM em 2018 acontecem nos dias 4 e 11 de novembro. O prazo para recursos vai de 11 a 16 de novembro. Existe também um outro ENEM, para os privados de liberdade (PPL). Este acontece nos dias 18 e 19 de dezembro.

Se você fizer o ENEM valendo, seu resultado sai em 17 de janeiro de 2019, mas se fizer como treineiro, sua nota será divulgada só em março do próximo ano.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *