Calma, você vai entender como o ENEM funciona

Olá! Se você é vestibulando e tem pouca ideia do que seja o Exame Nacional do Ensino Médio, saiba que você não é o único e foi justamente por isso que estamos aqui. Vem comigo e vamos desvendar todos os mistérios sobre o Enem!

Segundo o Ministério da Educação, o Exame Nacional do Ensino Médio, foi criado em 1998 com o objetivo de avaliar o (a) estudante no fim da sua fase de escolaridade básica. Porém, atualmente, é utilizado por mais de 500 universidades como um critério para ingressar no ensino superior. O exame substitui o vestibular de algumas universidades públicas e privadas, além de oferecer vagas em alguns cursos técnicos através do PRONATEC. Ficou curioso para saber como funciona o Enem de maneira mais detalhada? A seguir vamos responder as perguntas mais recorrentes sobre o tema:.

Como funciona a prova do Enem?

A prova do Enem é constituída por uma redação e duas provas objetivas, cada uma com 90 questões dos seguintes eixos temáticos:

  • 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • 45  questões de Matemática e suas Tecnologias.

Atualmente, a prova é dividida em dois domingos consecutivos: no primeiro dia, a prova é dividida entre Redação; Linguagens; Códigos e suas Tecnologias;  Matemática e suas tecnologias. Parece muita coisa, mas esse dia conta com 30 minutos a mais para a realização do exame. No segundo dia, a prova conta com 90 questões de Ciências Humanas e suas tecnologias; e Ciências da Natureza e suas tecnologias, portanto, no primeiro dia, a avaliação deve ser realizada em 5 horas e meia no segundo em 5 horas.

O que devo fazer com a nota do Enem?

Sabendo como funciona o Enem, você estará mais preparado para entender o que fazer com a nota do Enem. Assim, poderá ingressar em uma universidade pública através do SISU ou privada com o PROUNI ou FIES, e ainda quem sabe, ingressar em uma universidade portuguesa com a sua nota no exame.

  • O Sistema de Seleção Unificada (SISU) foi criado pelo Ministério da Educação para selecionar alunos(as) para ocupar vagas nas instituições públicas utilizando a nota do Enem
  • O Programa Universidade para Todos (PROUNI) é destinado para concessão de bolsas para o ensino superior privado, as bolsas podem ser do valor integral ou parcial, isso depende da sua nota no Enem. Ademais, é importante lembrar que o PROUNI só é válido para alunos de escola pública ou bolsistas.
  • O Financiamento Estudantil (FIES) tem o intuito de custear o ensino superior privado, com parcelamentos do valor da mensalidade da Universidade a longo prazo.

todos-processos-seletivos-que-usam-o-enem

Fonte: https://ativafm.net/index.php/2017/01/18/confira-as-datas-do-sisu-prouni-e-fies-processos-seletivos-que-usam-o-enem/

Quem pode participar das ações afirmativas do Enem?

Existem vários tipos de ação afirmativa envolvendo a avaliação Nacional do Ensino Médio. O objetivo é promover a igualdade social. Vamos entender quem tem direito a essas práticas:

1 – Candidatos com renda familiar bruta (por pessoa) igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012). 

2 – Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta por pessoa igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

3 – Candidatos que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

4 – Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

Afinal, quem pode fazer a prova do Enem?

O Enem é uma prova inclusiva, portanto, TODOS(AS) podem participar do exame. Independente da idade, escolaridade – pois existe a opção treineiro -, ou limitação física. O Inep disponibilizou recentemente no seu site informações relativas a quem pode realizar a prova. Portanto, se você se enquadra em algum caso específico listado abaixo, não se preocupe, a prova também é feita pra você!

  • Autismo
  • Baixa visão
  • Cegueira
  • Deficiência auditiva
  • Deficiência física
  • Deficiência intelectual (mental)
  • Déficit de atenção
  • Discalculia
  • Dislexia
  • Surdez
  • Surdocegueira
  • Visão Monocular
  • Gestante
  • Idoso
  • Lactante
  • Estudante em Classe Hospitalar
  • Outra Situação Específica

Fonte: https://enem.inep.gov.br/#/antes?_k=1rde0y

Mas como funciona o ENEM para quem precisa de atendimento diferenciado?

Relax. Se for necessário atendimento especializado é só enviar um laudo médico através da área do inscrito e acompanhar se sua solicitação foi aceita. Uma observação importante: se o laudo médico foi enviado e solicitado em 2017, nos próximos exames ele será valido, caso solicite mesmo tipo de atendimento.

Pronto. Agora que você sabe como funciona o Enem, que tal começar a se preparar para o exame? O Primeiro passo é pensar num plano de estudos. O ProEnem, além de apresentar toda a matéria e oferecer redação corrigida e comentada, orienta seu alunos com monitoria coaching e um plano de estudos bem organizado.

Como será o ENEM em 2018
Como será o ENEM 2018, segundo o portal do ENEM.
Fonte: http://aquiraz.ce.leg.br/institucional/noticias/veja-como-sera-o-enem-2018/image/image_view_fullscreen

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *