CITOLOGIA I – MEMBRANA E CITOPLASMA

Aprenda sobre Estrutura da Membrana Plasmática e suas funções.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

ESTRUTURA DA MEMBRANA PLASMÁTICA

Mosaico fluido

Bicamada de fosfolipídios

Didática imbatível de nossos professores!

ProBlack

14 meses de acesso

  • Turma Extensiva 2020/2021
  • 6 Simulados
  • 4 Redações Corrigidas por mês

R$ 599,44

12x de: R$

R$ 19,90

Eu quero

Proteínas

Carboidratos na face extracelular (glicocálice)

FUNÇÃO DA MEMBRANA PLASMÁTICA

Controle da entrada e saída de substâncias a partir do interior da célula

Tipos de transporte:

Passivo: ão há gasto de ATP; tende à isotonia

Exemplos: osmose, difusão simples e difusão passiva

Ativo: há gasto de ATP; distancia as concentrações entre os meios intracelular e extracelular

Exemplos: bomba de Na+/K+; bomba de H+

CITOPLASMA

Região interna à membrana plasmática. Seu preenchimento envolve uma solução gelatinosa conhecida como citossol (hialoplasma). No citoplasma encontram-se estruturas conhecidas como orgânulos (não membranosos) e organelas (membranosas).

Citoesqueleto: determina o formato e confere capacidade de movimentação à célula

Microtúbulos: proteína tubulina

Microfilamentos: proteína actina

Filamentos intermediários: proteínas variadas

Ribossomos: Síntese de proteínas citoplasmáticas

Ribossomos 70S: encontrados em bactérias, mitocôndrias e cloroplastos

Ribossomos 80S: encontrados em eucariontes

Retículo endoplasmático

Rugoso (Granuloso): síntese de proteínas direcionadas à membrana ou meio extracelular

Liso (NãoGranuloso): síntese de lipídios, armazenamento de cálcio e detoxificação

Complexo de Golgi: Armazenamento, glicosilação e secreção de substâncias provenientes do retículo endoplasmático

Endossomos: vesículas membranosas formadas por transporte em massa do tipo endocitose

Fagossomos: resultado da evaginação da membrana plasmática para captura de microorganismos, fragmentos de células ou grandes moléculas

Pinossomos: resultado da invaginação da membrana plasmática para captura de pequenos solutos dissolvidos no líquido extracelular

Lisossomos: vesículas contendo enzimas hidrolíticas

Vacúolos digestórios: vesículas responsáveis pela digestão intracelular, resultantes da fusão entre um endossomo e um lisossomo

Mitocôndria: produção de energia a partir da degradação de moléculas orgânicas (respiração celular)

Cloroplasto: síntese de moléculas orgânicas a partir da energia luminosa (fotossíntese)

Peroxissomos: vesículas responsáveis pela degradação de H2O2 e oxidação de lipídios

Centríolos: pares de pequenos tubos transversais formados por tubulina; responsáveis pela organização dos microtúbulos durante a divisão celular e durante a formação de cílios e flagelos

Vacúolo vegetal: grande vesícula membranosa responsável que equilíbrio osmótico da célula vegetal pelo armazenamento de metabólitos secundários

Parede celular: envoltório externo à membrana plasmática que confere proteção mecânica à célula

CADASTRE-SE

E receba em primeira-mão todas as novidades dos Vestibulares, Ofertas, Promoções e mais!