NOÇÕES DE SINTAXE – FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO; RELAÇÕES SINTAGMÁTICAS E SEQUENCIAIS

Aprenda sobre o que é Sintaxe, as Relações entre as palavras, Frase, oração e Período.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

O QUE É SINTAXE?

Sempre que nos comunicamos, construímos um conjunto de elementos de marcado contorno melódico que tem início determinado e término pelo silêncio. Esse conjunto, que é compreendido plenamente por nosso interlocutor, é chamado de enunciado.

Lendo o quadrinho acima podemos perceber claramente que não basta que um conjunto de palavras seja pronunciado ou escrito para que o mesmo possua sentido. É necessário haver regras para a combinação dos termos no enunciado, fazendo com que a compreensão dê-se de imediato, por estarem correlacionados na estrutura os termos que se relacionem entre si.

Intensivo 2020

Um curso preparatório para o ENEM totalmente a distância, com simulados, redações corrigidas e comentadas, 4 aulas ao vivo, acervo de mais de 500 aulas gravadas para baixar em seu smartphone e assistir em qualquer lugar e a qualquer momento!

No Plano Intensivo você tem acesso a 2 turmas: a turma prodígio, que começou em maio, a turma intensiva que irá iniciar em agosto.

Intensivo

Validade: 6 meses de acesso

  • 20 Aulas ao vivo por semana
  • 2 Simulados
  • 2 Redações Corrigidas por mês

R$ 544,44

12x de: R$

R$ 14,90

Eu quero

A esse conjunto de regras que define as ordenações possíveis e os tipos de relação que usamos em nossa linguagem, damos o nome de sintaxe (sin, juntamente; e taxe, ordenação, classificação). A sintaxe cuida de classificar todas as regras combinatórias válidas em um modelo de comunicação ou de linguagem.

AS RELAÇÕES ENTRE AS PALAVRAS

Existem várias possibilidades de relação entre as palavras. Veja no quadrinho acima que as palavras das tartarugas têm sempre alguma ligação com outra palavra da mesma frase: “um” e “pequeno” ligam-se a probleminha, por exemplo. Para melhor visualização, podemos usar o esquema a seguir:

Há dois conjuntos “sintáticos”: o primeiro é o “bloco” somos casados que se liga ao segundo conjunto temos um pequeno probleminha. Perceba que esses dois blocos organizados internamente relacionam-se como “superestruturas” por meio de um operador textual, no caso, a conjunção “mas”. Essa relação, além de unir os termos de maneira estrutural, também fornece uma relação semântica de oposição. Pode-se, portanto, afirmar que as relações sintáticas contribuem para a formação de sentido de um texto.

Intensivo Plus

A prepara'ç˜ção mais completa para estudar

Curso preparatório para o ENEM e para os Vestibulares de São Paulo, como Fuvest e Unicamp, que não utilizam o ENEM como forma de ingresso, com apoio pedagógico, plano de estudos, aulas ao vivo, mais de 500 aulas gravadas, aulas de nivelamento, aulas com técnicas de redação e tudo o que você precisa para conseguir aquele notão no vestibular!

Intensivo Plus

Validade: 06 meses de acesso

  • 4 Aulas ao vivo por semana
  • 3 Simulados
  • 3 Redações Corrigidas por mês

R$ 493,50

12x de: R$

R$ 19,90

Eu quero

A sintaxe existe até mesmo onde não a enxergamos fisicamente. A elipse – omissão de um termo facilmente percebido – esconde o sujeito da ação que a desinência do verbo teima em denunciar. E é pela posição dos termos ou até mesmo por suas partes constituintes que a ordem revela-se e constrói o enunciado.

Se tomarmos isoladamente tais “blocos”, o termo “casados”, no primeiro conjunto, atribui uma característica a palavra nós, assim como “pequeno” faz em relação a “probleminha”. Cada um desses “blocos” recebe o nome de sintagma. Contudo, esses sintagmas não exercerão a mesma função sintática, já que um faz uma ligação por meio de um verbo e o outro não. Você, que é esperto, já reparou que existe aí uma relação de dependência entre os termos. A eles chamamos “determinados”, que são os termos principais, aos quais outros termos ligam-se; e “determinantes”, termos que vão estar em dependência do principal. Caso não haja dependência entre os termos, dizemos que há apenas uma sequência de elementos.

FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO

Os enunciados que usamos em nosso cotidiano apresenta diferentes características, o que nos permite diferenciá-los. Dizemos que a frase é um enunciado que possui sentido completo, independente dos termos que dela façam parte. Assim, qualquer comunicação que use a língua como meio para produção de discurso, terá na frase seu elemento básico fundamental. Há quatro tipos de frase, conforme a entonação dada ao se pronunciá-las:

a) Declarativa

Expressa uma afirmação ou negação, possuindo caráter informativo:

Ontem fui à praia com meus amigos.

b) Exclamativa

Indica certos tipos de emoção, como surpresa, admiração, espanto etc.

Que beleza de carro você comprou!

c) Imperativa

Usada para expressar uma ordem, pedido ou desejo:

Traga-me um copo d’água, por favor.

d) Interrogativa

São aquelas usadas para interrogar, isto é, fazer uma pergunta:

Será que vai chover hoje?

As orações são enunciados que apresentam verbo em sua estrutura. Desta definição podemos compreender que à quantidade de núcleos verbais existentes em um enunciado corresponderá a mesma quantidade de orações. Também devemos ficar alerta para o fato de que qualquer análise feita de uma oração deve partir necessariamente do entendimento do verbo.

Prodígio

Se você ainda não começou a estudar para o Enem, relaxa! A gente te ajuda! Com o novo plano Prodígio, vamos te ajudar a entrar para o time dos aprovados. ;)

Você terá um plano de estudos de 26 semanas, com 20 aulas semanais de todas as matérias, que abordarão todo o conteúdo sua prova. Também contará com monitorias ilimitadas, para tirar as dúvidas que surgirem das aulas assistidas, 3 simulados com a mesma quantidade de questões e tempo de prova do Enem, exercícios semanais com resolução em vídeo para você fixar bem todo o conteúdo das aulas e uma redação corrigida e comentada por mês.

Prodígio

Validade: 12 meses de acesso

  • 20 Aulas ao vivo por semana
  • 3 Simulados
  • 1 Redação Corrigida por mês

R$ 411,80

12x de: R$

R$ 14,90

Eu quero
CUIDADO!

Por vezes apenas contar o número de verbos não será suficiente, por isso falamos em “núcleos verbais”. Analise os enunciados abaixo:

a) Choverá forte amanhã.

b) Vai chover forte amanhã.

c) Deve chover forte amanhã.

Você percebeu que todos eles correspondem a apenas uma oração? Por quê? Ora, porque nas frases b e c os dois verbos funcionam como apenas um, apresentando apenas o sentido do verbo principal. Por esta razão, consideramos que há somente uma oração em cada um dos exemplos.

O período é uma “frase oracional”, isto é, um enunciado que se caracteriza por apresentar uma ou mais orações além de ter seu sentido completo. Classifica-se em simples, quando apresenta apenas uma oração; ou composto, quando duas ou mais orações o integram. Deve-se ressaltar que o período sempre tem final marcado por pontuação específica – ponto, ponto de exclamação, de interrogação ou reticências.

Se o período for simples, a oração levará o nome de “absoluta”; em caso de período composto, as orações podem-se ligar por coordenação ou subordinação, variando conforme a dependência sintática existente entre elas.

CADASTRE-SE

E receba em primeira-mão todas as novidades dos Vestibulares, Ofertas, Promoções e mais!