CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO – Excesso de reagente

Aprenda sobre Estequiometria envolvendo reagente em excesso.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Para saber se um problema corresponde a esse tipo de estequiometria, a primeira coisa que se deve observar é se o problema está fornecendo dados de dois reagentes. 

Caso o problema forneça dados de dois reagentes pode-se desconfiar que existe excesso de um deles.

Intensivo 2020

Um curso preparatório para o ENEM totalmente a distância, com simulados, redações corrigidas e comentadas, 4 aulas ao vivo, acervo de mais de 500 aulas gravadas para baixar em seu smartphone e assistir em qualquer lugar e a qualquer momento!

No Plano Intensivo você tem acesso a 2 turmas: a turma prodígio, que começou em maio, a turma intensiva que irá iniciar em agosto.

Intensivo

Validade: 6 meses de acesso

  • 20 Aulas ao vivo por semana
  • 2 Simulados
  • 2 Redações Corrigidas por mês

R$ 544,44

12x de: R$

R$ 18,90

Eu quero

A partir daí deve-se seguir as seguintes regras:

a. Transformar os dados fornecidos em números de mols;

b. Montar a seguinte tabela:

Intensivo Plus

A prepara'ç˜ção mais completa para estudar

Curso preparatório para o ENEM e para os Vestibulares de São Paulo, como Fuvest e Unicamp, que não utilizam o ENEM como forma de ingresso, com apoio pedagógico, plano de estudos, aulas ao vivo, mais de 500 aulas gravadas, aulas de nivelamento, aulas com técnicas de redação e tudo o que você precisa para conseguir aquele notão no vestibular!

Intensivo Plus

Validade: 06 meses de acesso

  • 4 Aulas ao vivo por semana
  • 3 Simulados
  • 3 Redações Corrigidas por mês

R$ 493,50

12x de: R$

R$ 22,90

Eu quero

Onde:

I = Início da reação (dados fornecidos no problema)

R = O quanto vai reagir (essa segunda linha obedece a proporção estequiométrica)

F = Final da reação (nessa linha os valores obtidos não podem ser menor que zero, se isso acontecer significa que a escolha de quem reage completamente foi a escolha errada)

Observação:

Reagente limitante => é aquele que reage completamente.

Reagente em excesso => é aquele que sobra ao final da reação.

Ex: Determine a massa de sal que pode ser obtida quando 392g de H2SO4 reage completamente com 160g de NaOH.

Resolução:

a. Montar a equação química balanceada:

H2SO4  + 2NaOH => Na2SO4 + 2H2O

Observe que o problema forneceu dados de dois reagentes, logo, pode-se desconfiar de reagente em excesso. Por isso, vamos transformar os dados fornecidos em número de mols:

nH2SO4 = m/mol = 392/98 = 4 mols

nNaOH = m/mol = 160/40 = 4 mols

Agora vamos montar a tabela

Repare que a primeira linha foi preenchida com o número de mols fornecidos pelo enunciado da questão.

Como a proporção é de 1 mol do ácido para dois mols da base, temos que a base vai reagir completamente, então na segunda linha da tabela vamos colocar os quatro mols da base para reagir.

Agora para preencher o restante da tabela temos que levar em consideração a proporção estequiométrica, então completando a segunda linha da tabela temos:

Repare que a medida que a reação vai acontecendo a quantidade dos reagentes diminuem, enquanto que a quantidade dos produtos aumentam.

Então, como se pode observar ao final da reação temos:

H2SO4 = 2 mols (reagente em excesso)

NaOH = 0 (reagente limitante)

Na2SO4 = 2 mols

H2O = 4 mols

Transformando o número de mols do sal em gramas.

1 mol de Na2SO4 – 142g

2 mols de Na2SO4 – x g

x = 284g de Na2SO4

CADASTRE-SE

E receba em primeira-mão todas as novidades dos Vestibulares, Ofertas, Promoções e mais!