FUNÇÕES INORGÂNICAS – ÓXIDOS

São compostos binários que possuem oxigênio como o elemento mais eletronegativo, segundo Arrhenius.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Exemplo:      

 H2O (água)

SiO2 (areia)

Didática imbatível de nossos professores!

ProBlack

14 meses de acesso

  • Turma Extensiva 2020/2021
  • 6 Simulados
  • 4 Redações Corrigidas por mês

R$ 599,44

12x de: R$

R$ 19,90

Eu quero

CO2 (gás carbônico)

Fe2O3 (hematita)

Os compostos binários de flúor e oxigênio, OF2 e O2F2, entre outros, não são considerados óxidos e sim fluoretos de oxigênio, porque o flúor é mais eletronegativo que o oxigênio.

Fórmula geral:

CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS

ÓXIDOS BÁSICOS

São óxidos de acentuado caráter iônico, que reagem com a água produzindo base.

São formados por:

metais de NOX +1 ou +2

Bi+3

Nomenclatura

Quando o elemento forma apenas um óxido:

óxido de ______________________________

nome do elemento

Na2O – óxido de sódio

CaO – óxido de cálcio

Quando o elemento forma dois óxidos:

                                                                ico (NOX maior)

óxido _________________________    oso (NOX menor)

nome do elemento

CuO – óxido cúprico – (NOx do cobre = +2)

Cu2O – óxido cuproso – (NOx do cobre = +1)

Quando o elemento forma dois ou mais óxidos, podemos indicar o número de oxidação do elemento por um algarismo romano.

óxido de __________________  __________________

nome do elemento          algarismo romano

CuO – óxido de cobre II

Cu2O – óxido de cobre I

Quando o elemento forma dois ou mais óxidos, podemos ainda indicar o número de átomos de oxigênio e o número de átomos do elemento com o auxílio dos prefixos mono, di, tri etc. Frequentemente, o prefixo mono é omitido.

CuO – (mono)óxido de (mono)cobre

Cu2O – (mono)óxido de dicobre

Estas duas últimas nomenclaturas – com algarismo romano final e com prefixos mono, di, tri etc. – são de caráter geral, servindo não só para os óxidos básicos, mas também para as demais classes de óxidos que virão a seguir.

ÓXIDOS ÁCIDOS OU ANIDRIDOS

São óxidos de acentuado caráter covalente, que reagem com água, produzindo um ácido. São formados por:

metais de NOx +6 ou +7

ametais

Nomenclatura

anidrido _______________________ complemento

nome do elemento

Os complementos podem ser observados na tabela abaixo:

SO3 – anidrido sulfúrico (NOx do enxofre = + 6)

SO2 – anidrido sulfuroso (NOx do enxofre = + 4)

N2O5 – anidrido nítrico (NOx do nitrogênio = + 5)

N2O3 – anidrido nitroso (NOx do nitrogênio = + 3)

Quando o elemento forma apenas um anidrido, usa-se a terminação ico:

B2O3 – anidrido bórico

No caso dos anidridos, podemos também usar as nomenclaturas gerais, citadas anteriormente:

SO3 – óxido de enxofre VI ou trióxido de (mono) enxofre

SO2 – óxido de enxofre IV ou dióxido de (mono) enxofre

ÓXIDOS ANFÓTEROS

São óxidos de caráter intermediário entre o iônico e o covalente, ora se comportando como óxido básico, ora como óxido ácido.

Os óxidos anfóteros só reagirão com outra substância de caráter químico pronunciado (ácido forte ou base forte).

São formados por:

1. Metais de NOx +3 ou +4

2. Zn2+, Pb2+, Sn2+

Exemplos: ZnO, Al2O3, SnO e SnO2, PbO e PbO2, Cr2O3, MnO2 e Fe2O3.

Nomenclatura: é idêntica a dos óxidos básicos.

ZnO – óxido de zinco

SnO2 – óxido estânico ou óxido de estanho IV ou dióxido de

(mono) estanho.

Quando um metal forma vários óxidos, é interessante notar que o caráter do óxido passa, gradativamente, de básico para anfótero e depois para ácido, à medida que o NOx do metal vai crescendo:

Me+1, Me+2     Me+3 , Me+4       Me6+, Me+7

BÁSICO          ANFÓTERO      ÁCIDO

O posicionamento na tabela periódica do elemento que forma o óxido também influencia na classificação do mesmo. De um forma geral, pode ser observada a seguinte relação:

ÓXIDOS NEUTROS

São óxidos que não possuem caráter básico nem ácido, pois não reagem com água, nem ácidos, nem bases.

São eles:

H2O – óxido de hidrogênio

CO – monóxido de carbono

N2O – monóxido de dinitrogênio (óxido nitroso)

NO – monóxido de nitrogênio (óxido nítrico)

ÓXIDOS DUPLOS, MISTOS OU SALINOS

São óxidos formados por dois outros óxidos, do mesmo elemento químico. Fórmula geral: X3O4

Exemplo:

Fe3O4 (FeO + Fe2O3)

Pb3O4 (2PbO + PbO2)

Nomenclatura

óxido salino de _______________________________

nome do elemento

ou

óxido _________________ oso – _________________ ico

Exemplo: Mn3O4 − óxido salino de manganês ou óxido manganoso-mangânico

O número de oxidação médio do metal num óxido salino é + 8/3.

PERÓXIDOS

São compostos que apresentam o oxigênio com sua estrutura O1-. São formados por:

hidrogênio;

metais alcalinos;

metais alcalinoterrosos;

Ag e Zn.

O NOX do oxigênio nos peróxidos é -1.

Nomenclatura

peróxido  de ________________________________

nome do elemento

Exemplo:

H2O2 – peróxido de hidrogênio

Na2O2 – peróxido de sódio

Ag2O2 – peróxido de prata

SUPERÓXIDOS

São compostos que apresentam o oxigênio com sua estrutura O-1/2. , logo cada oxigênio possui um NOx médio igual a -1/2.

Nomenclatura

superóxido de ____________________________

nome do elemento

Exemplo:

Na2O4 – superóxido de sódio

BaO4 – superóxido de bário

RESUMINDO

básicos: Me+1, Me+2, Bi+3

ácidos: Me+6, Me+7, AM

anfóteros: Me+3, Me+4, Pb+2, Zn+2, Sn+2

neutros: H2O, NO, CO, N2O

ou

salinos: X3O4

peróxidos: O-1

superóxidos: O-1/2

CADASTRE-SE

E receba em primeira-mão todas as novidades dos Vestibulares, Ofertas, Promoções e mais!